Serviços

Prevenção e Proteção contra incêndio


Precisando do alvará de funcionamento emitido pelo corpo de bombeiros?

- Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PPCI)

- Certificado de Licenciamento do Corpo de Bombeiros (CLCB)

- Plano Simplificado de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PSPCI)

Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio

Conforme a legislação brasileira, o Corpo de Bombeiros não emite o Alvará de Funcionamento e uso de instalações industriais, em prédios comerciais, edifícios residenciais multifamiliares e eventos temporários, tais como circos, exposições e feiras, sem possuir as medidas de prevenção e proteção contra incêndio aprovadas, executadas no patrimônio e liberadas por meio de inspeção no local pelo Corpo de Bombeiros.

O Plano de Prevenção e Proteção, tem como objetivo assegurar o patrimônio tanto público como privado e resguardar vidas contra incêndio, conforme as Instruções Técnicas do Corpo de Bombeiros, normas e leis vigentes por meio de projetos, plantas, documentos, laudos técnicos e memorial de cálculo. Este documento é uma das principais exigências para solicitar outras licenças, tais como da vigilância sanitária, meio ambiente, alvará de funcionamento, financiamento, Habite-se, regularização da edificação, mudança da ocupação, entre outros.

A ROCHEDOSUL conta com uma equipe de profissionais capacitados e habilitados pelo CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia), especializados em elaborar, planejar e executar o Plano de Prevenção Contra Incêndio, assim fazendo a adequação da edificação para atender às solicitações e necessidades de nossos clientes.

PPCI, PSPCI ou CLCB? Conheça a diferença entre eles.

A comprovação de que as áreas de risco e a edificação estão em conformidade com as instruções técnicas e normas brasileiras se dá por meio do Alvará de Licença de Funcionamento emitido pelo Corpo de Bombeiros, que podem ser através do:

PPCI – Plano de Prevenção e Proteção Contra incêndio

- Conforme a Resolução Técnica CBMRS n.º 05, parte 1.1, todas as edificações se enquadram como PPCI, exceto:

- as classificadas no Certificado de Licenciamento do Corpo de Bombeiros - CLCB;

- as classificadas no Plano Simplificado de Prevenção e Proteção Contra Incêndio - PSPCI;

- edificações com procedimento administrativo próprio, reguladas através de RTCBMRS especificas.

PSPCI – Plano Simplificado de Prevenção e Proteção Contra Incêndio

Características conforme a Resolução Técnica CBMRS n.º 05, parte 3.1:

- possuir até 3 pavimentos;

- não possuir central de GLP na edificação;

- não ser local de elevado risco de incêndio e sinistro;

- possuir área total edificada de até 750 m², salve exceções;

- não ser edificação classificada nas divisões G-3, G-5 e G-6;

- não ser deposito ou revenda de GLP a partir de 521 quilogramas;

- apresentar classificação com grau de risco de incêndio baixo ou médio;

- possuir área total edificada de até 1500 m², para edificações F-11 e F-12;

- não ser local de manipulação, armazenamento e comercialização de combustíveis, inflamáveis e explosivos;

- não ser edificação do grupo “F” com classificação quanto ao grau de risco de incêndio médio e alto, exceto às divisões F-11 e F-12.

CLCB – Certificado de Licenciamento do Corpo de Bombeiros

Características conforme a Resolução Técnica CBMRS n.º 05, parte 2:

- possuir até 2 pavimentos;

- ter área total edificada de até 200 m²;

- não possuir subsolo com área superior a 50 m²;

- apresentar classificação com grau de risco de incêndio baixo ou médio;

- não possuir mais de 26 quilogramas de (GLP) Gás Liquefeito de Petróleo;

- não se enquadrar nas divisões F-5, F-6, F-7, F-11, F-12, G-3, G-4, G-5 e G-6, e nos grupos L e M;

- não existir depósito ou áreas de manipulação de combustíveis, inflamáveis, explosivos ou substâncias com alto potencial lesivo à saúde humana, ao meio ambiente ou ao patrimônio.

Passo a Passo

Ter o Alvará de Funcionamento emitido pelo Corpo de Bombeiros em seu imóvel é mais simples do que você imagina. Confira abaixo o passo a passo de como obter o CLCB, PPCI ou PSPCI.

Etapa 1 – Solicitação do Cliente

Entre em contato com os engenheiros da ROCHEDOSUL!

Neste primeiro contato, é importante que o cliente tire suas dúvidas, referente nossa empresa; sobre o processo para obter o Alvará de Funcionamento emitido pelo Corpo de Bombeiros, forneça algumas informações e agende a visita técnica sem custo no local da edificação.

Etapa 2 – Visita Técnica

Engenheiro da ROCHEDOSUL visita o local, onde vai avaliar as reais condições físicas da edificação e analisar as necessidades dos usuários para as devidas adequações.

Etapa 3 – Proposta Detalhada

Após a coleta de todas as informações pertinentes, realizaremos um estudo minucioso, onde constarão as análises técnicas, valores comerciais e forma de pagamento.

Etapa 4 – Assinatura do Contrato

O cliente, estando de acordo com nossa proposta detalhada, irá receber um contrato de prestação de serviços para formalizar e iniciar o processo.

Etapa 5 – Dimensionamento e Projeto das Medidas de Segurança Contra Incêndio

Equipe de projetos faz o dimensionamento das medidas de segurança contra incêndio, conforme os dados levantados na visita técnica e faz o detalhamento do projeto com as plantas, emissão dos laudos, memoriais de cálculo, memoriais descritivos; e outros documentos do processo;

Etapa 6 – Aprovação do Corpo de Bombeiros

Equipe da ROCHEDOSUL cuida do processo de aprovação e liberação da documentação no Corpo de Bombeiros.

Etapa 7 – Adequação da Edificação

Equipe da ROCHEDOSUL faz a instalação de todos os materiais, equipamentos e adequações da edificação conforme o detalhamento do projeto.

Etapa 8 – Vistoria pelo Corpo de Bombeiros

Vistoria no local pelo Corpo de Bombeiros para conferir e garantir que todas as medidas contra incêndio foram feitas conforme as exigências técnicas e normas.

Etapa 9 – Emissão do Alvará de Funcionamento

O Corpo de Bombeiros emite o alvará de funcionamento, certificando que o estabelecimento pode executar suas atividades com segurança.

Etapa 10 – Feedback do Cliente

Para finalizar as etapas de forma satisfatória, é importante que o cliente nos fale como foi o nosso atendimento, para que possamos garantir a qualidade, melhoria e eficiência de nossos serviços prestados.

Projetos

Quando se fizer necessário algum projeto especifico para integrar ao Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio, estamos capacitados a oferecer a nossos clientes diferentes tipos de projetos, como:

- Projeto de Alarme de Incêndio;

- Projeto de Detectores de Fumaça;

- Projeto de rede de Hidrantes (SHSC);

- Projeto de Iluminação de Emergência;

- Projeto de rede de Sprinklers (Chuveiros Automáticos);

- Projeto de Sistema de Proteção Contra Descargas Atmosféricas (SPDA / para-raios);

- outros projetos quando forem necessários.

Laudos

Conforme as características e/ou o tipo de uso da edificação, se faz necessário a emissão de laudos específicos para incluir na documentação do Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio, a ROCHEDOSUL tem a capacitação para oferecer a seus clientes diferentes tipos de laudos, como:

- Laudo de Inviabilidade Técnica;

- Laudo de Isolamento de Riscos;

- Laudo de Capacidade Populacional;

- Laudo de Segurança Estrutural Contra Incêndio;

- Laudo de Compartimentação Horizontal e Vertical;

- Laudo de Sistema de Proteção Contra Descargas Atmosféricas – SPDA;

- Laudo de Controle de Materiais de Acabamento e Revestimento (CMAR);

- outros laudos quando forem necessários.

Voltar ao topo